A Biblioteca do Instituto de Microbiologia da Universidade do Brasil: contribuição à memória científica

Autores

  • Ana Paula Alves Teixeira van Erven Louzada Instituto de Microbiologia Paulo de Góes Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Icleia Thiesen Professora titular da UNIRIO, Departamento de História e PPGH - Programa de Pós -Graduação em História.

Palavras-chave:

Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de Microbiologia Paulo de Góes, Bibliotecas universitárias, Memória institucional

Resumo

Os Anais de Microbiologia, publicação idealizada por Paulo de Góes, fundador do Instituto de Microbiologia que leva seu nome, foram o mote inicial para o desenvolvimento de pesquisas que evidenciaram o papel de diferentes atores no crescimento da ciência brasileira. Publicação de cunho histórico, os Anais constituíram a linha condutora das ações para a comemoração centenária do criador do Instituto de Microbiologia Paulo de Góes (IMPPG). A demanda para uma atualização da memória dessa unidade alavancou novas investigações que incluíram entrevistas com contemporâneos do criador do Instituto.  Através das pesquisas foram revelados nomes de personalidades brasileiras que contribuíram para a consolidação das ciências no país. A utilização do sistema Filmorex, do Centro Nacional de Informação Cientifica em Microbiologia (CENIM) fez da biblioteca da Microbiologia um espaço pioneiro para pesquisas em saúde e lugar de sociabilidade na formação da memória cientifica da Universidade. As pesquisas destacaram a conformação do campo da Microbiologia no Brasil, como o da própria Biblioteconomia, e foram parte de uma linha investigatória que abordou o tema Memória Institucional durante o mestrado profissional do Programa de Pós-Graduação em Biblioteconomia da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO).

Biografias Autor

Ana Paula Alves Teixeira van Erven Louzada, Instituto de Microbiologia Paulo de Góes Universidade Federal do Rio de Janeiro

Bibliotecária que atua há 11 anos no Centro de Ciências da Saúde da UFRJ. Possui mestrado em Biblioteconomia do Programa de Biblioteconomia da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), defendido em 2017.

O tema versa sobre a memória do Instituto de Microbiologia Paulo de Góes, no qual a servidora trabalha há 7 anos.      

Icleia Thiesen, Professora titular da UNIRIO, Departamento de História e PPGH - Programa de Pós -Graduação em História.

Doutorado em Ciência da Informação, 1997 (UFRJ/ECO-CNPq/IBCT);  Pós-Doutorado em Ciência da Informação, 2008 (Université Paul Sabatier, Toulouse III)
Informação, Memória e História; Memória Institucional; Documentos sensíveis: produção, recuperação e acesso à informação

Downloads

Publicado

2020-04-22

Como Citar

Louzada, A. P. A. T. van E., & Thiesen, I. (2020). A Biblioteca do Instituto de Microbiologia da Universidade do Brasil: contribuição à memória científica. Cadernos BAD, (2), 66–82. Obtido de https://publicacoes.bad.pt/revistas/index.php/cadernos/article/view/1949

Edição

Secção

Artigos